quarta-feira, 8 de julho de 2015

Marrocos : migrantes expulsos são acolhidos na catedral de Tânger

Por Eliana Maria (Ir. Gabriela, Obl. OSB)

 

‘Vários imigrantes expulsos dos apartamentos que ocupavam no distrito de Bujalef, em Tânger, têm sido acolhidos desde 1º de julho na catedral da cidade marroquina. O anúncio foi feito mediante um comunicado assinado por Dom Santiago Agrelo : ‘Na noite de 1º de julho, a catedral foi aberta para acomodar os desabrigados e garantir que todos tivessem o que comer’.

Desde então, a equipe Tanger Accueille Migrants, da Delegação Diocesana de Migrações, assumiu a gestão da situação com particular sensibilidade ao grande número de pessoas sem casa e sem meios de subsistência, incluindo mulheres e crianças.

O plano de ação dá prioridade às mulheres grávidas, mulheres com filhos pequenos, mulheres solteiras, menores e homens com filhos. Durante a primeira parte do plano, os demais homens tiveram que esperar’, diz o comunicado.

A emergência, que foi administrável no começo, se tornou insustentável porque, além dos migrantes expulsos de Bujalef, surgiram outros na mesma situação de necessidade. Dom Agrelo explicou : ‘Espalharam o boato de que a Igreja estava dando abrigo e comida e começaram a chegar imigrantes de toda a cidade. Foi necessário esclarecer o mal-entendido e fechar a catedral. Não foi possível sequer celebrar a missa na catedral no sábado à tarde e no domingo de manhã. Foi um momento extremamente difícil para todos. Não cabe a nós investigar se essas pessoas agiram por si ou empurradas por gente interessada ​​em tirar proveito de uma situação que foi midiaticamente explorada’.

Segundo a agência Fides, a Igreja está oferecendo abrigo temporário a 69 mulheres e crianças, além de um viúvo com dois filhos. Esperam por acomodação 11 mulheres e outro viúvo com três filhos. Em reunião com o prefeito, o arcebispo estabeleceu um novo plano de ação : fazer uma lista das pessoas presentes para, em seguida, encontrar alojamento de urgência para as mulheres que ainda estão na rua. Os outros migrantes serão ajudados a encontrar alojamento e terão auxílio da equipe da arquidiocese para assinar o contrato e pagar o aluguel.’


Fonte :
* Artigo na íntegra de http://www.zenit.org/pt/articles/marrocos-migrantes-expulsos-sao-acolhidos-na-catedral-de-tanger

Nenhum comentário: