quarta-feira, 13 de maio de 2015

Líder salafita defende fechamento de igrejas na Argélia


Iglesia Católica Sirira -Kirkuk-Irak

‘O Presidente da Frente Livre Salafita da Argélia, Abdel Fattah Zarawi, defende que todas as igrejas cristãs presentes no território argelino sejam fechadas e transformadas em mesquita. A medida seria em resposta aos ‘episódios de islamofobia’ que, na sua opinião, estariam se espalhando em muito países europeu, a começar pela França.

Segundo fontes argelinas, reportadas pela Agência Fides, a campanha ‘anti-igrejas’ foi lançada nas redes sociais e em blogs ligados a grupos salafitas. O grupo também defende que as Basílicas de Nossa Senhora da África, em Argel, e de Santo Agostinho, em Annaba sejam fechadas, pois são ‘resíduos da época colonial da qual o país deve ser libertado’’.


Fonte :
* Artigo na íntegra de http://www.news.va/pt/news/lider-salafita-defende-fechamento-de-igrejas-na-ar

Nenhum comentário: