terça-feira, 19 de maio de 2015

Pax Christi : luta não-violenta pela paz inspirada no Evangelho

  
‘A luta por uma paz sustentável, fundada na justiça, na inclusão e na aceitação da diversidade, mediante a não-violência ativa inspirada pelo Evangelho e pela Doutrina social da Igreja : este é o farol que sempre guiou e continuará guiando a ação de Pax Christi nos próximos anos.

É o que ressalta a ‘Declaração de Belém’, que concluiu este domingo, na cidade palestina, a Assembleia mundial do movimento em seu 70º aniversário de fundação. 150 delegados de trinta países do mundo inteiro participaram do evento intitulado ‘Peregrinos no caminho rumo à paz’.

Fundado na França em 1945 e hoje presente em todos os cinco continentes, Pax Christi estendeu, no tempo, seu raio de ação aos temas da justiça, do desenvolvimento, da solidariedade e da defesa da Criação, sempre no signo da não-violência ativa qual eficaz alternativa à violência extremista e à militarização.

A prática da não-violência ativa – ressalta a Declaração de Belém – representa ainda hoje a estrada-mestra a seguir para a paz num mundo mais do que nunca marcado pela pobreza, pela exclusão, pelo desespero e pelo sentimento da falta de futuro que toma conta de tantos jovens, atraindo-os a ideologias extremistas.

Pax Christi tem investido muito de suas energias e esperanças justamente sobre os jovens. ‘Nos próximos cinco anos – lê-se na declaração final – proporemos alternativas ao extremismo; partilharemos nossa rica espiritualidade com os jovens de um mundo secularizado; encorajaremos campanhas e experiências; promoveremos o diálogo e a cooperação entre as gerações e a liderança dos jovens na organização.’

O texto ressalta o papel das mulheres como crucial na solução pacífica dos conflitos. Por isso Pax Christi reforçará sua rede de relações com as organizações femininas engajadas na causa da paz, ouvirá suas experiências e se fará paladina dos direitos das mulheres e da paridade de gênero junto às mais altas instâncias internacionais.

Por fim, fiel à sua missão, o movimento intensificará sua colaboração com ativistas em prol da paz, muçulmanos, judeus e de outras religiões e convicções, a ressaltar o papel central das religiões em favor da paz.’


Fonte :
* Artigo na íntegra de http://www.news.va/pt/news/pax-christi-luta-nao-violenta-pela-paz-inspirada-n

Nenhum comentário: