sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Redimensionamento da Abadia de Monte Cassino

Por Eliana Maria (Ir. Gabriela, Obl. OSB)



O Papa Francisco nomeou Abade Ordinário da Abadia de Monte Cassino o Padre Beneditino Donato Ogliari, até então Abade do Mosteiro de ‘Santa Maria della Scala’, em Noci, Província de Bari.

O Papa aplicou à Abadia territorial de Monte Cassino o Motu Proprio ‘Catholica Ecclesia’, com conseqüente redução do território da mesma, dispondo em particular que: à nova configuração territorial da circunscrição eclesiástica ‘Abadia territorial de Monte Cassino’, faça parte o território no qual está a Igreja Abadial e o Mosteiro, com as imediatas pertinências; à Diocese de Sora-Aquino-Pontecorvo passem as 53 paróquias com os fiéis, o clero secular e religioso, as comunidades religiosas, os seminaristas; a Diocese de Sora-Aquino-Pontecorvo mude o próprio nome para Diocese de Sora-Cassino-Aquino-Pontecorvo.

Padre Donato Ogliari nasceu em Erba, Província de Como, em 10 de dezembro de 1956. Entrou jovem no Instituto Missões Consolata num percurso formativo que o conduziu ao sacerdócio. Após o Liceu Clássico, freqüentou dois anos de Filosofia em Turim e três de Teologia em Londres, onde obteve o Bacharelado em Teologia e Diploma de ‘Master of Arts’ em Ciências Religiosas.

Fez a primeira profissão como membro dos Missionários do Instituto da Consolata em Turim, em 3 de setembro de 1978 e foi ordenado sacerdote em 3 de julho de 1982. Após a Ordenação sacerdotal realizou uma breve experiência no campo formativo, prosseguindo a seguir os estudos na ‘Katholieke Universiteit’ de Lovanio, Bélgica, onde obteve o Bacharelado em Filosofia, o Diploma e o Doutorado em Teologia Sacra.

Em 1988 pediu para entrar na Abadia de Praglia (Pádua) para iniciar a vida monástica, sendo após, enviado à Abadia Nossa Senhora 'della Scala', de Noci, Bari, onde entrou em 1989 e emitiu os votos solenes em 1992. Lá foi Diretor Editorial da Revista ‘La Scala’ de 1990 até hoje, mestre de Noviços de 1993 a 1999 e Prior Administrador de 2004 a 2006. Em 2006 foi eleito Abade pela comunidade pugliesa, recebendo a Bênção Abadial em 7 de outubro de 2006.

Sobre a reorganização da Abadia de Monte Cassino e da Diocese de Sora-Cassino-Aquino-Pontecorvo, o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi deu a seguinte nota explicativa :

1. A Igreja sempre teve particular solicitude pela vida monástica e por isto o Concílio Vaticano II insistiu na necessidade de consolidar o papel de Abade como pai da comunidade religiosa, cujo ministério é dedicar a própria vida ao Mosteiro, sem estar preocupado pelas atividades próprias dos Ordinários de Circunscrições eclesiásticas, que devem desenvolver o seu ministério com plena disponibilidade para o bem dos fiéis confiados aos seus cuidados pastorais.

2. O Papa Paulo VI, no Motu Proprio ‘Catholica Ecclesia’, de 1976, havia recolhido indicações formuladas pelos Padres do Concílio Ecumênico Vaticano II, estabelecendo que as Abadias territoriais não seriam eretas no futuro e que as existentes ‘ou sejam idoneamente definidas quanto ao território ou sejam transformadas em outras circunscrições eclesiásticas’. Com esta disposição se desejava, por um lado, favorecer uma mais específica identidade e um quadro jurídico mais consoante à vida monástica, e por outro, assegurar aos fiéis que vivem nos territórios abadiais um cuidado pastoral com melhores respostas às dinâmicas e às exigências do mundo moderno.

3. Para promover tal perspectiva, realizando-a em harmonia com os Acordos concordatários com o Estado Italiano, e respeitando a grande herança histórica e cultural representada pelas Abadias territoriais, foi disposto que na Itália não se procedesse à supressão do instituto das Abadias territoriais, mas se limitasse a restringir ao mínimo indispensável a extensão do território, isto é, das áreas de interesse imediato para a comunidade monástica : o cenóbio próprio com as suas pertinências.

4. A Santa Sé, portanto, após prolongada e cuidadosa reflexão e apuradas consultas, considerou os tempos maduros para poder aplicar também à Abadia territorial de Monte Cassino o Motu Próprio ‘Catholica Ecclesia’, após tê-lo já aplicado nos anos passados à Abadia de Subiaco (2002), à Abadia de Montevergine (2005) e à Abadia de Cava di Tirreni (2013). Ela permanece uma circunscrição eclesiástica equiparada à Diocese, com um território consideravelmente redimensionado.

Após esta decisão, a Diocese de Sora-Cassino-Aquino-Pontecorvo passar de uma superfície de 1.426 km2 à 2016; de uma população de 155 mil habitantes para 235 mil; de 40 cidades à 60; de 91 paróquias à 144; de 83 sacerdotes diocesanos para 120; de 131 religiosas para 181.’


Fonte :
* Artigo na íntegra de http://www.news.va/pt/news/nota-do-padre-lombardi-sobre-o-redimensionamento-d


Nenhum comentário: