segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Nova igreja maronita nas ruínas de Damasco

Por Eliana Maria (Ir. Gabriela, Obl. OSB)



Uma igreja maronita dedicada aos Beatos Irmãos Massabki, martirizados em Damasco em 1860, será inaugurada em 8 de janeiro no Bairro Kachkoul da capital síria. Foi o que informou à Agência Fides Dom Samir Nassar, Arcebispo da Igreja Maronita de Damasco, definindo o acontecimento como ‘um autêntico presente de Natal. Será um oásis de oração e um sinal de alegria e de esperança em meio a um mundo de violência, de intolerância e de medo’. ‘Em meio às ruínas, esta nova capela se apresenta como a estrela dos Magos, que conduz ao Menino Divino’, ressaltou.


A primeira das três capelas em Damasco

Não obstante a guerra, não obstante os graves problemas sociais e econômicos – conta o Arcebispo – os nossos sacerdotes e fieis deram início a três projetos para desenvolver três capelas em três bairros de Damasco. Agora surge a primeira. As outras duas serão nos Bairros de Douwaylaa e Jaramana. Estes lugares servem para fortalecer as comunidades dos fiéis, organizar catequeses e encontros sobre a Bíblia e noites de oração e fraternidade. Neste tempo difícil, de precariedade e violência, Cristo continua a atrair sempre mais’.


Em 2015, um Natal de Ressurreição em Damasco

Construir uma igreja em tempos de guerra e de desolação – conclui o prelado – expressa o desejo de vencer a morte e a coragem de viver a fé. Os nossos corajosos fieis escolheram permanecer na cidade, ir contracorrente e colocar a sua confiança em Jesus Cristo, nesta noite obscura. Este ano o Natal em Damasco será também uma festa de Ressurreição’.’


Fonte :


Nenhum comentário: