terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Vinte e um milhões de escravos no mundo

Por Eliana Maria (Ir. Gabriela, Obl. OSB)
  

‘A escravidão não foi derrotada. Ainda hoje – segundo os dados da ONU – em todo o mundo são vinte e um milhões as mulheres, os homens e as crianças reduzidos a esta condição atroz. As piores formas contemporâneas de escravidão são o tráfico de seres humanos, a exploração sexual, o trabalho infantil, o matrimónio combinado e o recrutamento forçado de crianças para serem empregadas nos conflitos armados.

E uma atenção especial deve ser dada ao sector agro-alimentar : segundo um recente relatório da Organização internacional do trabalho seriam 1,3 biliões os trabalhadores explorados.

Para não esquecer a necessidade de combater a batalha contra qualquer forma de exploração e de violência, as Nações Unidas instituíram em 1949 o Dia internacional para a abolição da escravatura, que se celebra a 2 de Dezembro de todos os anos.

Com efeito, esta data, marca a adoção, por parte da Assembléia Geral, da Convenção para a repressão do tráfico de seres humanos e da exploração da prostituição. Em 2007 a ONU celebrou os duzentos anos da abolição do tráfico atlântico de escavos, ou seja, o comércio de africanos deportados e vendidos na América. Em 2008, o Dia internacional da Memória das vítimas da escravatura e do tráfico atlântico dos escravos tornou-se uma comemoração anual.


Fontes :
* Artigo na íntegra de http://www.news.va/pt/news/vinte-e-um-milhoes-de-escravos-no-mundo
  

Nenhum comentário: